POLÍTICA DA PAZ

Em tempos de Lula livre e disputando eleições, Bolsonaro livre e ignorando a Pandemia, nada mais fácil de perder do que a paz de espírito, nada mais fácil de perder de vista do que sua sanidade emocional. Principalmente quando você tem na família alguém que acha que política se reduz a quem você apoia de maneira unívocamente certa, seja sinistro, destro ou central, como se todo mundo que não apoiasse o seu candidato estivesse errado em tudo na vida. Ou fosse oposto ao todo o seu ser. Um horror!

Pois muito bem, está tudo muito mal, novamente. Teremos bravatas, berros, choros e ranger de dentes no Natal em família. Isso se a Pandemia estiver acabada até lá, coisa que está difícil de acontecer. Mas será que precisa ser assim? Bom, se os tempos estão de desrespeito e não levar em consideração as opiniões do outro e por causa de algo que nem é tão presente e imediato, na prática, como as generalidades políticas, pode ser que você nem tenha muita opção. Então, melhor se preparar para um certo desgaste. Mas preparar-se com inteligência!

Seguinte: existem perfis comportamentais diferentes, para cada pessoa. Pessoas usam partes diferentes do cérebro. A política vai querer te convencer que todo mundo que é diferente de você está necessariamente errado. Isto estará certo de uma forma para você, mas assim que você desmerece o outro sem ver qual a existência do seu mérito, você já estará existencialmente errado. Pelo simples fato de não levar a possibilidade de ser diferente em consideração.

Pois não existe nada mais amplo, profundo e maravilhoso do que a capacidade do ser humano de ser único, em todas as suas facetas. E diferenças. Pois existe tanta gente no mundo, que para tudo quanto é ideia, ideologia, forma de pensar, existe um mundo de gente interessado de várias formas diferentes. E nenhuma síntese, abstração ou exagero podem te conferir individualmente a capacidade de ser realizar como pessoa que você pode, olhando para si, com olhos de amor para suas dores, amores, dificuldades, defeitos e qualidades.

A diferença, é que viver o seu propósito demanda toda a energia que você tem. E gastar com o que não te realiza, como é o caso da política, não faz sentido nenhum.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: