SE NESSA RUA TIVESSE VACINA

O líquido milagroso, solução de Deus através da ciência, que Bolsonaro menospreza

Na mais absoluta falta de criatividade e paciência, de repente, em uma sexta-feira à noite, resolvi falar sobre o essencial. Vacina. Eis que olho para os lados e não vejo assunto, vejo apenas uma parede e logo percebo que não tenho opção. Estou no meio de uma Pandemia, e tenho que ficar em casa. Sem mais, depois de ter ouvido mais uma vez meu presidente humilhando publicamente o seu próprio cargo, decidi falar um pouco sobre isso. Bait. Caí na isca. Então vou me lambuzar um pouco nela!

Bolsonaro falou que estão enchendo a paciência dele para comprar vacina. Tenho classe o suficiente para não repetir os dizeres absurdos. Falou para comprarmos na casa da mamãe. É sério isso? Apenas os governos podem comprar vacinas, se eu for para a casa da minha mãezinha, não vou encontrar. Porque papai Bolso não comprou, menosprezou, disse que era desnecessária… Sei que está difícil. Sei que o mundo inteiro quer e que quem tem para vender deve estar fazendo um jogo duríssimo. E que ninguém vê esse lado. Mas a vacina, hoje, é uma questão literal de vida ou morte!

Graças a Deus, moro em São Paulo. O nosso governador foi atrás, mesmo que apenas para tentar assumir a vaga do presidente. Correndo atrás do que é essencial, aceitamos até canalhice. Segundo Nelson Rodrigues, “No Brasil, quem não é canalha na véspera, é canalha do dia seguinte”. Da posse. Acho que isso se deve principalmente ao fato de Nelson ter vivido durante as décadas de 40 a 70 Pois hoje se é canalha várias vezes antes ainda do café da manhã. E antes do almoço, durante, depois, à tarde, na hora do jantar, enquanto se dorme…

Só nos resta esperar por boa vontade. E pela vacina!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: