EVITANDO OUTRAS 1726 MORTES ATRAVÉS DO CONHECIMENTO

Foram desnecessárias, mesmo. Maestria no entendimento de uma situação não é a mesma coisa do que maestria saber lidar com uma situação. Saber que existe um vírus a solta, e ao mesmo tempo levar a vida como se nada estivesse acontecendo é… perfeitamente possível, a julgar pelo alto número de mortes e ocupação em leitos das UTIs. Mas… como porque isso acontece? Esse é o assunto de hoje em Filosofia Quântica.

Antes de progredirmos, nossos pensamentos são feitos de elétrons, e a forma que os elétrons se comporta molda a realidade da Física Clássica, e portanto, muito pode fornecer este entendimento sobre o comportamento humano. Ou neste caso, de nós brasileiros, nossa falta de comportamento diante do perigo.

Falei de nós, brasileiros? Será que todos temos uma unidade, no norte do país, em comparação ao sul? Do centro-oeste em relação ao nordeste? Claro que não. Temos uma saudável variedade, e uma dificuldade imensa de nos compreendermos por causa disto. O número de mortes quer dizer muito sobre desleixo, falta de considerar que ter que parar tudo por um tempo pode ter consequências chatíssimas, mas se for feito, a pretensa normalidade volta mais rápido.

Não estou falando apenas de vacina urgente para todos o quanto antes. Há quem negue que a vacina é importante, por causa da quantidade de exageros que falam as pessoas que a defendem. Jornalistas e comunicólogos. Exageram em tanta coisa, até na defesa da vacina, que parece que é melhor fazer o oposto do que se diz. Não é não. A vacina pode ser apenas o começo da solução… mas é o melhor começo da solução.

Em outro post deste blog, expus as 5 etapas do conhecimento que Da Vinci propunha para uma pessoa obter maestria em um assunto. Sintetizando (porque não fiz isso no outro post?) ele diz o seguinte: mesmo as coisas mais importantes começam com você nem sabendo que elas existem. Quando você toma conhecimento de sua existência, apenas conhecê-las ainda não te faz mestre sobre elas. Pausa para uma bronca: não é exatamente aqui que começa o problema? Sabemos que é importante cuidar-se, usar máscaras, sair o mínimo possível de casa, e ainda assim… saímos?

Parei na 2. A terceira etapa é saber que é importante e começara aprender a respeito. A quarta, ter um certo conhecimento, mas não domínio, e a quinta, a maestria. Daí que chego logo à conclusão. Apenas saber como funciona o COVID -19 e se acostumar com sua existência não te faz um mestre em sobreviver à Pandemia. 1726 mortos. Fique em casa. Pare tudo. Se vacine. Vacine os seus parentes mais velhos. Tudo isso, enquanto você ainda joga o jogo da vida, com seus inúmeros desafios profissionais, pessoais, amorosos, financeiros.

O momento é cuidar da sua principal questão existencial: A dependência da sua saúde para a sua existência. Fique sem esta preocupação, para você ver a opção de poder tê-la cancelada, para ver se te interessa… Melhor não! Certo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: