Racismo. Humanidade, desumanidade. Poder, possibilidades. Chatice. Todas as circunstâncias que envolvem o racismo e a frescura generalizada na análise das pessoas, do comportamento e de tudo o que envolve as diferenças entre raças. Entre as pessoas, logo me corrijo. Tudo isso, com a participação especial de Sir Paul McCartney para a Filosofia Quântica! É, meu amigo, este texto é a parte escrita da minha live de quarta-feira. E vamos à crônica. Continuar lendo ““BLACKBIRD”, ou o PODER DO RACISMO”

Anúncios