É pecado? O que é pecado? Existem um mal metafísico, ou algo que desmerece o seu ser com algo que você faz e fica ao ser redor que nem chulé? Resposta filosoficamente quântica: pode existir. Simplesmente, não necessariamente! Achou estranha a resposta? Mas foi você quem perguntou! Simplesmente por entrar neste post!

Hoje é domingo, dia dos pecados. Ou de falar de Deus? Pode ser seu dia de enxaqueca, ressaca, ou de missa. Ou um dia depois do culto de sábado. Quanta coisa, não é mesmo?

A verdade é que a vida é feita de várias coisas acontecendo simultaneamente, e qualquer coisa que você for falar a respeito acaba sendo uma “abstração”. Uma parte do todo que você pega para analisar.

Agora, deste “todo”, existe algo que seja mau? Uma pedra má, uma mesa má? Ou um bicho? Dos bichos, o homem?  Ele é mau? Pode ser? Opa, com o poder ser eu compliquei o raciocínio. Nós achamos que determinadas pessoas se comportam mau, só nos resta entender este mau o que é.

Agora esquece isso tudo. Ou por outra, guarda aí. É bom existir? Ou que as coisas existam? É claro que sim. Existe um grande mérito e benefício simplesmente em você ser você.  A questão, pensa comigo, é conseguir tudo o que você quer. Da vida, da família, do trabalho, do dinheiro…

Chegou a hora das trevas: pense no seu chefe, nos líderes do seu país, seu namorado, namorada! Eu pensei no meu time de futebol, que neste momento está apanhando pela enésima vez no campeonato e na conta bancária dos dirigentes. Ok, mudei de assunto. Voltando: Se for pegar o tanto que você espera em relação a somente ao que você tem, tudo são pecados, tudo é ruim! E não é bem assim.

Se formos pensar em possibilidades de trabalho, sexo, dinheiro, profissão, não prevemos coisas boas? E se falo de desemprego, estupro, estelionato? Coisas ruins, não? Mas e essas segundas, quando se iniciaram na nossa cabeça, ou dos malvados, não eram exatamente como as primeiras, ou sejam, possibilidades? E onde foi que deu merda? Nos processos.

Não saber como as coisas funcionam, e tentar conseguir de qualquer jeito… é como o mal se manifesta no mundo. E mais… quem nunca? De uma forma ou de outra, tentou, tenta e ainda vai tentar forçar a mão para conseguir algo que está difícil?

Pois é… em um blog de filosofia, é isso que eu entrego para você pensar…. Pensa! 🙂

Anúncios