Chegou o sábado, o segundo melhor dia para o inconsciente, e tem gente que nem sabe o que quer dizer nexo. Quer dizer VÍNCULO, que liga a CAUSA ao RESULTADO. Hoje, vou falar da importância do videogame (e afins) para pessoas realmente acreditam que apenas foco e energia são necessários para conquistar seus objetivos!

Olha só, é isso mesmo. Videogame é importante para quem deseja conquistar um resultado, especialmente se este alguém tem um tipo de temperamento ( existem 4 “temperamentos mestres”) comunicativo. Ou seja, alguém que precisa de dinamismo para ser dinâmico.

Isto que eu estou dizendo, muitos psicólogos e estudiosos de temperamentos podem confirmar. Muitas empresas tem videogame em salas que os funcionários usam para descansar, mas o que eu quero dizer neste post de Filosofia Quântica vai um pouco além: O jogo que a pessoa joga, como ela joga e com qual frequência dizem muito sobre ela, como livros e filmes, e na verdade, o inconsciente de cada um fica exposto, para quem quiser ver, na lógica no game, do livro, do filme. Dá para saber muito sobre a pessoa, somente através desta análise!

A questão é que as tais “diversões eletrônicas” não se limitam a ser um espaço entre um foco e outro. São o espaço necessário para a pessoa assimilar o que seu trabalho demanda, e se planejar ao que falta, se bem entendido o efeito hipnótico que o efeito onda causa no cérebro. Através deste campo, cada pessoa acessa sem pressão o seu real campo de possibilidades, ou o relaxamento em relação aos resultados esperados, sejam eles quais forem.

Vamos para alguns exemplos:

  1. Uma pessoa que precisa fazer exercícios começa a jogar videogames de esportes.
  2. Uma pessoa que está lutando para sobreviver e lidar com complexidades, joga videogames de luta.
  3. Uma pessoa que está começando a exercer cargo de liderança é promovido a oficial no jogo.
  4. Alguém que seja tímido e não gosta de sair de casa, perde peso e ganha motivação ao jogar jogos de dança.
  5. Existe uma análise de conteúdo incrível em jogos de exploração espacial.
  6. É necessário aprender estratégia para triunfar em jogos de simulação de contrução de cidades, ou de guerras de exércitos

Na verdade, toda a mãe/pai, namorada/namorado, se começar a prestar atenção no tipo de jogo que a pessoa joga,  e a perceber a relação entre este e a vida da pessoa terá uma liberdade enorme de trazer a pessoa para junto de si, desde que, antes de mais nada, entenda os significados do momento, manifestado através do que ela faz, seja jogo, filme, livro, e afins.

A vida, evidentemente, é equilíbrio. Se alguém produz pouco e joga muito, é mais provável que seu último trabalho seja mais detestável que ela gostaria, e seu período de jogo é como que acostumar o cérebro a uma nova realidade mais a gosto, mas que a pessoa conscientemente ainda não assimilou. Pensa na importância disto, meu caro!

Anúncios